Intercâmbio depois dos 30: minha rotina em Toronto, Canadá

Intercâmbio depois dos 30… Será que vale a pena?

Eu sempre tive o sonho de morar fora por um período. Porém, por um período não conseguia ir por causa que não tinha o dinheiro, e depois que comecei a trabalhar não podia ir por conta do trabalho.

Só que chegou um momento em que eu tinha o dinheiro necessário e também possui flexibilidade em relação a meu trabalho uma vez que desenvolvo meu trabalho pela internet.

Durante cinco semanas estive em Toronto, no Canadá, para estudar inglês.

O Canadá é um dos principais destinos para quem deseja estudar e trabalhar fora. Não só pelas beleza naturais que o país dispõem, mas devido a infraestrutura oferecida e a hospitalidade dos canadenses.

Decidi ir para Toronto porque tenho um amigo que mora lá, o que facilitou para que tudo desse certo. Portanto se você tem algum parente ou amigo que esteja vivendo em outro país e for conveniente para ambos, essa é uma boa economia.

É importante ressaltar que profissionais com experiência no exterior são mais valorizados pelo mercado de trabalho.

A partir do momento que o destino já estava decidido, comecei a fazer algumas pesquisas:

  • O que eu poderia fazer em Toronto.
  • De quanto seria o investimento.
  • Qual escola estudaria.

Para comparar os preços, também procurei uma agência de intercâmbio e, nesse caso, o orçamento apresentava um valor duas vezes mais alto.

A escola em que frequentei teve um custo bastante acessível. Em 2016, paguei cerca de mil dólares canadenses pelas cinco semanas de aula. Algo em torno de R$ 2.700,00 na época. A duração das aulas poderia variar de uma até seis horas por dia, mas no meu caso, quatro horas eram suficiente para também conseguir trabalhar, realizando minhas atividades através da internet.

A experiência vale muito a pena, devido à possibilidade de aperfeiçoar o inglês estando completamente imerso na cultura do país. Quando resolvi viajar, meu inglês era intermediário e meu objetivo era desenvolver maior domínio da língua. Hoje posso afirmar que a experiência me proporcionou uma melhora significativa na fluência adquirida.

No vlog abaixo, compartilho um pouco como era a minha rotina em Toronto. Confere!

Você também está pensando em fazer algum intercâmbio? Deixe sua dúvida aqui nos comentários abaixo.